Conheça Parintins, cercada de paisagens inesquecíveis, recheada de costumes e onde transborda a criatividade.



» Culinária » Lugares Alternativos » Viajando para a ilha » Bagagem Ideal » Hospedagem

Praias


Praias de areias branquinhas se estendem ao longo dos Rios Mamurú, Uaicurapá, Tracajá, Cabury, Zé Açu e Uaicurapá. Mas é a praia de Itaracuera, banhada pelo Rio Uaicurapá que é a mais freqüentada. Sua extensão é de aproximadamente um quilômetro. Um paraíso que se completa com outras Ilhotas cercadas de areia que completam as belezas das paisagens do Uaicurapá.

Balneário Cantagalo

Complexo Cantagalo, localizado na comunidade suburbana do Aninga. A   área é dotada de píer, balneário, serviço de bar, restaurante e  lanchonete, três quadras de areia para futebol e voleibol, palco para shows e bosque para acampamentos. O acesso é facilitado por estrada asfaltada, com iluminação e sinalização. Lugar  ideal para o ecoturismo. Durante o Festival Folclórico o píer do Aninga funciona como palco alternativo com shows de toadas dos bois Caprichoso e Garantido. Complexo é administrado pela Prefeitura.

 

Lagos


Já pensou dar uma volta no entorno da Ilha. Aqui você é convidado a descobrir todos os mistérios que cercam Parintins. Os lagos Parananema, Aninga e Macurany  circundam Ilha. Ótima opção para quem deseja buscar refugio durante o dia, longe do agito do boi. O seu passeio ecológico e a prática de pesca esportiva estão te aguardando neste lagos. O lago do Paraná do Espírito Santo também é bastante requisitado.  Além dos passeios de barcos o turista pode ficar instalado num resort exclusivo implantado em uma ilha do Parananema.

Serra de Parintins


Elevação que mede aproximadamente 137m, localizada na comunidade da Valéria. Distante a 1 hora de voadeira da sede do município..Faz divisa com o Estado do Pará. Aqui ocorreram momentos históricos da guerra dos Cabanos.. O lago da serra é outro paraíso da Ilha.

 

Vila Amazônia


Recanto de belezas naturais. Local de trilhas, igarapés e cachoeiras. Uma balsa sai diariamente para a Vila Amazônia do porto do Lago da Francesa. A viagem dura 30 minutos. A Vila Amazônia foi o berço da imigração Japonesa na década de 30. Prédios antigos lembram a presença dos japoneses em Parintins.